Drauzio – Além dessas medidas gerais, exercícios físicos, redução do sal, controle da impulsividade, há algum remédio indicado para reduzir esses sintomas?
Mara Diegoli – As mulheres de hoje são felizes porque a ciência e a medicina evoluíram muito e há uma série de medicamentos que proporcionam melhor qualidade de vida para elas e para quem convive com elas, porque TPM sempre existiu e vai continuar existindo.
Sol - Concordo ! As mulheres de hoje são felizes e ponto . Porque é Deus que atua na minha mente vive dentro e fora de mim . Mas se você precisar da ciência , desfrute , ela esta aí para nos auxiliar e se você tem fé que determinado medicamento vai ajudar , vá em frente o importante é se cuidar e ter fé  . Na minha modesta opinião TPM nunca existiu eu não te aceito 
É importante ressaltar que sem tratamento a mulher não vai morrer nem matar ninguém, mas vale a pena resolver o problema tendo em vista a melhora da qualidade de vida.
Sol - O tratamento é de dentro para fora , mente , corpo e espírito 
Se a mulher tentou o primeiro tratamento e não melhorou, se pôs em prática as medidas que indicamos e não melhorou, vamos passar para a segunda etapa com medicamentos mais fortes que vão agir sobre o humor ou sobre os hormônios. Os que mexem com o humor são a primeira opção para a TPM intensa. Embora os sintomas físicos costumem responder bem aos medicamentos, os psíquicos nem sempre o fazem.
Sol - Concordo ! Se você ja fez de tudo e nada . As vezes precisamos de ajuda então vá atras . As vezes a pessoa sabe de tudo isso , mas precisa de um apoio  
Drauzio 
Por que cresceu a vontade de achar cura para a TPM? Porque antes a mulher ficava em casa e ninguém se importava se ela fazia ou não comida para a família. Se brigava com o marido, o problema era só dele. Entretanto, ela saiu de casa e ingressou no mercado de trabalho. Agora, o problema não é só do marido e dos filhos, é de todos. Imagine uma executiva não comparecer a uma reunião ou uma médica deixar de fazer uma cirurgia. O prejuízo é imponderável. Espera-se que a mulher trabalhe e produza. 
Sol - É aquilo que comentei , antes era tudo diferente , hoje a vida da mulher moderna é bem diferente . Então a mudança parte de cada uma de nós 
RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES
Drauzio – Vamos resumir as recomendações para as mulheres em que a tensão pré-menstrual não é intensa.
Mara Diegoli – Primeira recomendação: aprenda a conhecer-se. Anote diariamente o que está sentindo e os dias da menstruação. Verifique se os sintomas aparecem alguns dias antes e desaparecem com ela;
Segunda recomendação: não use a TPM como desculpa . Ela não é desculpa para nada. Se a mulher tem TPM, precisa de tratamento, porque ninguém é obrigado a aguentar seu mau humor. Saber controlar-se é importantíssimo para quem quer crescer pessoal, social e profissionalmente;
Terceira recomendação: exercício físico adianta e merece ser feito;
Quarta recomendação: evite compromissos importantes nos dias de tensão, porque você pode tomar atitudes erradas. Tente adiá-los. No dia seguinte, provavelmente você estará melhor  Quinta recomendação: a mulher precisa aprender a conhecer-se e a viver consigo mesma. Assim ela melhora não só sua qualidade de vida como a de todas as pessoas envolvidas direta ou indiretamente com ela.

                                      
                                            TPM eu não te aceito 

Sol - Sobre os medicamentos sou a favor dos naturais , existem muitas coisas que podemos fazer antes de chegar nesse estágio . Mudanças de hábitos , estilo de vida . Claro que se nada funcionar , vale procurar um médico para se cuidar . Ah não posso deixar de comentar também que o blogger me ajudou muito , por que escrever , alivia , deixa leve ainda mais quando podemos compartilhar e ajudar . Fica a dica 
Espero ter contribuído