Visualizações

18 de jul de 2016

Os Benefícios que os Pets trazem para as crianças

Como estou na fase de preparação para engravidar . Comecei a pensar , estudar e pesquisar sobre a chegada do bebê no lar que tem Pets . No meu caso três yorkshire
E pesquisando mundo afora descobrir que é possível sim a harmônia entre eles .

Por : Luisa Mell

Estudos recentes demonstram que existem vários benefícios dos animais de companhia no desenvolvimento psicológico, social e na qualidade de vida das crianças, tais quais, aumento da responsabilidade, diminuição da ansiedade e stress, contribuição no aprendizado, integração familiar e diminuição do risco de desenvolvimento de alergias.

Ainda tenho tempo de fazer mudanças de hábitos e ir preparando os pequenas para o novo Ser que vai chegar
A primeira coisa que eu fiz a quatro anos atras foi tirar a Latiffah , minha york mais velha do nosso quarto . Não foi fácil ! ... acho que eu sofrir mais que ela rsrsrs ... mas era preciso . Ela tinha acabado de dar cria e como seria ja que ficamos com mais duas . Meus Deus ja pensou três na cama com a gente e quando eu for mae . Então com muita dor no coração tirei a Latiffah e a mesma passou a dormir na sala com suas filhas
Todo começo é difícil , foram duas semanas de choro , uivados , arranhação na porta e uma carinha de tristeza ... mas passou . É claro que eu tinha que compensa-la ... então eu sempre deixo dormir meia horinha comigo antes mesmo que eu levante . Meu marido abre a porta e elas entra e quando não eu levanto mais cedo e durmo um pouco com elas na sala . Ufah essa ja conseguin

OS BENEFÍCIOS QUE OS ANIMAIS TRAZEM AS CRIANÇAS

Alergias
Crianças  que são criadas com animais desde bebês, diminuem o risco de desenvolverem algumas alergias, inclusive asma. Ao contrário do que se poder supor, a existência de animais em casa pode ajudar a COMBATER o aparecimento de alergias. Os mais recentes estudos científicos nesta área demonstram que os bebés que se relacionam com animais até o primeiro ano de vida, têm menos risco de doenças alérgicas.
Pesquisadores notaram que quando as crianças crescem numa casa onde há cães ou gatos, elas têm menos probabilidades de terem alergias. O mesmo ocorre com as crianças que moram em fazendas onde existem grandes animais. Além disso, níveis mais altos de alguns sistemas químicos ligados à imunidade indicam um sistema imunológico mais forte. E mais: por mais contraditório que pareça, crianças que crescem com gatos têm menos riscos de desenvolver asma. “Ninguém sabe ao certo porque isso acontece, mas Um  estudo de Dennis Ownby, MD., pediatra e chefe do departamento de imunologia e alergias do “Medical College” em Georgia tem uma teoria: “Quando uma criança brinca com uma cão ou um gato, estes normalmente o lambem”, disse. “Essa lambida transferem as bactérias que vivem nas bocas dos animais e essa exposição a essas bactérias podem chegar a mudar o sistema imunológico como uma resposta a essas alergias”


2- responsabilidade e compromisso
 Amigos de quatro patas são ótimos para o desenvolvimento da responsabilidade das crianças. Saiba porque.
Invariavelmente chegará um dia  que a criança  vai começar a pedir um cão ou um gato de presente. Muitos pais podem não ficar muito felizes com a ideia . Nem todos querem ter ” trabalho” como cuidados, assistência veterinária, passeios, higiene e tudo o que envolve posse responsável de um animal estimação. A alegação é que todo o trabalho vai “sobrar”pra eles.
Mas o que talvez muita gente não saiba é que Cuidar de um animal ensina às crianças valores como a responsabilidade pelo bem-estar de terceiros. Saber que ele necessita de comida, água, exercício e companhia é meio caminho andado para transmitir o que é a compaixão e empatia e os mais novos descobrem o que significa ter alguém que confia neles. Minha mãe sempre conta que aprendeu a ser mãe aos 14 anos, quando a condição para ter um cão era que ela cuidasse do animal. Minha mãe, então uma adolescente, assumiu a responsabilidade de participar ativamente dos cuidados do cão: dava mamadeira ao pequinês de três meses, depois o ensinou a fazer xixi no lugar certo e o levava para passear, quando voltava do colégio. Esse aprendizado foi fundamental quando, aos 21 anos tornou-se mãe ( de mim) e percebeu que as regras eram as mesmas: responsabilidade, compromisso, atenção, cuidados e, é claro, muito amor! Aprendeu cedo  que cuidar de um ser vivo exige tudo isso. Aprendeu com o cão a ser responsável.
Postar um comentário

Seguidores