Visualizações

30 de set de 2016

A Primavera , O Susto e O Choro .... TEXTÃO


Dizem que a troca de estação é como um novo ciclo que se inicia. Mais refletindo melhor, acho que não. Pois todos os dias podemos renascermos basta querer, ou então pode recomeçar, ou iniciar a cada estação.
A primavera é a minha estação favorita, pensei que ela traria um colorido a mais para a minha vida. Mas pude perceber que eu não devo ficar esperando por nada, apenas aceitar as flores que tenho no meu jardim e fazer delas o mais bonito e alegre possível o Viver.

A Primavera

" É tempo de despir-nos das folhas velhas e secas, de permitir que os ventos levem aquilo que não tem mais vida, que ja foi ressequido pelo tempo.
Colha mais flores.... não permita que o medo de espinhos afungente-te delas, pois eles existem para protegê-las, para que possamos aprender a tocar com cuidado as coisas frágeis.
A primavera já acena para nós e nos convida a conversão, a mudança de vida!
As flores só virão se permitirmos as podas, se deixarmos o vento levar aquilo que ja nao serve mais, se permitirmos morrer em nós aquilo que ja foi fechado pelos ciclos da própria vida.
Serás capaz de renascer, se permitir que coisas velhas morram dentro de ti...." ( autor desconhecido)


O Susto

Na entrada da primavera eu estava na minha semana pós transferência dos embriões. Dentro de mim pulsava uma esperança e uma certeza absoluta.
 Até que o susto veio, no dia 23/09 fui tomar banho e havia uma pequena manchinha de sangue. Choreiiiii pacas, por eu estar sensível meu marido achou que fosse até normal. Então eu disse pra ele: sinal da M.
Ele muito calmo fala: calma não sofra antecipado, procurei ouvi-lo.... mas fiquei atenta.
E no outro dia, não constava mais nada, continuei com as medicações e em repouso, lendo bons livros e acreditando no positivo.
Nós mulheres sabemos que quando a M chega ela dá os sinais. E alguns começaram aparecer,mas naquela altura eu não sabia se era sinais dela ou dos medicamentos.
Procurei manter o pensamento positivo
Através do blog de uma amiga, li um pouco sobre nidação, que até o então nem sabia que raio era esse. Aí fiquei triste por ela, pedi a Deus que preechesse seu coração de paz e que a vida um dia lhe oferecesse algo muito bom. E eu me enchi ainda mais de confiança, por que achei que poderia estar nesse processo de nidação.
Em todos os ciclos da minha vida, minha M, nunca atrasou, parece um relógio e agradeço por isso. Sinal de que está tudo bem. Mas aquele vem ou não vem, para quem estar nesse caminho é TORTURANTE. A gente fica com medo de fazer xixi, espirrar com cuidado, anda com as pernas fechadas e devagar, procurar ficar com as pernas ao léu ( quando pode) ..... enfim .... ela não veio.

O Choro .....

Passado três dias desse processo de chove e não molha, vem ou não vem, é M ou nidação. Tive sintomas pré-menstruação, que me deixou preocupada e reforcei nos cuidados. Voltei a ficar só no quarto, comia, banho e cama, pernas ao léu.
Por Deus do céu não fiquei pensando negativo e procurei o máximo me preencher de pensamentos, palavras boas. Então levei para o quarto bons livros, fiz todos os dias correntes de orações ... nessas horas finais intensifiquei tudo o que pude.
Mas na segunda dia 26/09, outro sinal, agora um pouco mais intenso . Só poderia ser ela M . Só fui na cozinha fazer um almoço e bem de leve senti uma cólicazinha e alguma coisa vindo. Desliguei o fogo e voltei para o quarto. Liguei para o marido e voltei com as pernas ao léu.
Esse tempo todo, meu marido fez questão de fazer tudo, ele sempre me ajudou. Não temos empregada e nem ajudante, faxineira, passadeira, diarista.... nada do tipo. Mas devido o meu procedimento ele passou a fazer tudo e sempre com um sorriso no rosto.
E os sintomas se foram , zero cólica,nada de sinais dela M ..... só existia dois corações repleto de certeza e esperança.

O Proximo post, já trago notícias do BETA
Postar um comentário

Seguidores