Visualizações

30 de nov de 2016

"Fazer a Diferença"

Confesso que estudando esse texto me vi refletindo como a maneira de observamos as pessoas em um contexto geral faz toda a diferença para toda vida.
Que possamos fazer sempre a Diferença do Bem 


Leiam essa história 


O Relato é assim....

"Relata a Sr.Teresa, que no seu primeiro dia de aula parou em frente aos seus alunos da quinta série primária e, como todos os demais professores, lhes disse que gostava de todos por igual.

No entanto, ela sabia que isso era impossível, já que na primeira fila estava sentando um pequeno garoto chamado Ricardo. A professora havia observado  que ele não se dava bem com os colegas de classe e muitas vezes suas roupas estavam sujas e cheirava mal.

Houve até momentos em que ela sentia em lhe da notas vermelhas ao corrigir suas provas e trabalhos.

Ao iniciar o ano letivo, era solicitado a cada professor que lesse com atenção a ficha escolar dos alunos, para tomar conhecimento das anotações feitas em cada ano.

A Sra. Teresa, deixou a ficha de Ricardo por último. Mas quando a leu, foi uma grande surpresa. A professora do primeiro ano escolar de Ricardo havia anotado o seguinte: Ricardo é um menino brilhante e simpático.

Seus trabalho sempre estão em ordem e muito nítidos. Tem bons modos e é muito agradável estar perto dele.

A professora do segundo ano escreveu: Ricardo é um aluno excelente e muito querido pelo seus colegas, mas tem estado preocupado com sua mãe que está com uma doença grave e desenganada pelos médicos. A vida em seu lar deve estar sendo muito difícil.

A professora do terceiro ano constava a anotação seguinte: A morte de sua mãe foi um golpe muito duro para Ricardo. Ele procurava fazer o melhor, mas seu pai não tem nenhum interesse e logo sua vida será prejudicada se ninguém tomar providencias para ajuda-lo.

A professora do quarto ano escreveu: Ricardo anda muito distraído e não mostra interesse algum pelos estudos. Tem poucos amigos e muitas vezes dorme na sala aula.

A Sra.Teresa se deu conta do problema e ficou terrivelmente envergonhada.Sentiu-se ainda pior quando lembrou dos presentes de Natal que os alunos lhe haviam dado, envoltos em papéis colorido, exceto o de Ricardo, que estava enrolado num papel marrom de supermercado.

Lembra-se que abriu o pacote com tristeza, enquanto os outros garotos riam ao ver uma pulseira faltando algumas pedras e um vidro de perfume pela metade.

Apesar das piadas, ela disse que o presente era precioso e pôs a pulseira no braço e um pouco de perfume sobre a mão. Naquela ocasião  Ricardo ficou um pouco mais de tempo na escola do que o de costume. Lembrou-se ainda, que Ricardo lhe disse que ela estava cheirosa como sua mãe.

Naquele dia, depois que todos se foram, a professora Teresa chorou por longo tempo....

Em seguida, decidiu-se a mudar sua maneira de ensinar e passou a dar mais atenção aos seus alunos, especialmente a Ricardo..

Com o passar do tempo ela notou que o garoto só melhorava. E quanto mais ela dava carinho e atenção, mais ele se animava.

Ao finalizar o ano letivo,Ricardo saiu como o melhor aluno da classe. Um ano mais tarde, a Sra. Teresa recebeu uma notícia em que Ricardo lhe dizia que ela era a melhor professora que teve na vida.

Seis anos depois, recebeu outra carta de Ricardo contando que havia concluído o segundo grau e que ela continuava sendo a melhor professora que tivera. As notícias se repetiram até que um dia ela recebeu uma carta assinada pelo Dr.Ricardo Stoddard, seu antigo aluno, mais conhecido como Ricardo.

Mas a história não terminou aqui. A Sra.Teresa recebeu outra carta, em que Ricardo a convidava para o seu casamento e noticiava a morte de seu pai.

Ela aceitou o convite e no dia do casamento estava usando a pulseira que ganhou de Ricardo anos antes, e também o perfume. Quando os dois se encontraram, abraçaram-se por longo tempo e Ricardo lhe disse ao ouvido: obrigado por acreditar em mim e me fazer sentir importante, demonstrando-me que posso fazer a diferença.

Mas ela, com olhos banhados em pranto sussurrou baixinho: você esta enganado! Foi você que me ensinou que eu podia fazer a diferença,afinal eu não sabia ensinar até que o conheci.

Mais do que ensinar a ler e escrever, explicar matemática e outras matérias, é preciso ouvir os apelos silenciosos que ecoam na alma do educando.

Mais do que avaliar provas e dar notas, é importante ensinar com amor mostrando que sempre é possível fazer a diferença..."
                                                                 ( Machadinho - em 11-05-2009 Código do texto T1587612 )

23 de nov de 2016

Falando do meu Universo....

Já falei em post anteriores sempre que possível venho aqui compartilhar um pouco dos conhecimentos desse meu mundo da pedagogia. 
Hoje compartilho um pouco sobre esse grande pensador. 

Henri Wallo - Paris 1879




Formou se em Medicina e Psicologia e também Filosofia,
Vivenciou 2 Guerras onde atuou como  médico dos soldados com distúrbios psiquiátricos,
1925 criou um laboratório de Psicologia Biológica da Criança,
Publica sua tese de doutorado-A Criança Turbulenta,
Seu ultimo livro foi em 1945-Origens do Pensamento da Criança,
Wallon manteve interlocução com as teorias de Piaget e Freud. Em 1948, criou a revista “Enfance”, publicada até hoje e que serve de instrumento de pesquisa para psicólogos e educadores,
Morreu em Paris no ano de 1962


Principais Obras 

A criança Turbulenta,
As Origens do Pensamento da Criança,
A Evolução Psicológica da Criança..

Principais Ideias 
Wallon foi o primeiro a levar o corpo e as emoções da criança para dentro da sala de aula,
Wallon mostra que a Afetividade é expressada de três maneiras: Por meio da EMOÇÃO.do SENTIMENTO, da PAIXÃO. Essas manifestações surgem durante toda a vida do individuo,mas assim como o pensamento infantil apresentam na evolução que caminha do sincrético para diferencial.
A Emoção ,segundo o educador é a primeira expressão de AFETIVIDADE,
Wallon considera o desenvolvimento da pessoa completa integrada ao meio em que esta imersa com seus aspectos: AFETO, COGNITIVO e MOTOR.
Jamais pude dissociar o biológico e o social, não porque creia redutíveis entre si ,mas porque eles me parecem tão estreitamente COMPLEMENTARES ,desde o nascimento, que a vida psíquica só pode ser encarda tendo em  vista suas relações reciprocas(WALLON 1951)

Estágios do Desenvolvimento Infantil são divididos em 5 fases:


Estágios de Desenvolvimentos 

Impulsivo-emocional, 0 a 1 ano -A predominância da afetividade orienta as primeiras reações do bebê às pessoas, às quais intermediam sua relação com o mundo físico;
Sensório-motor e projetivo, que vai até os 3anos.- A aquisição da marcha e da preensão, dão à criança maior autonomia na manipulação de objetos e na exploração dos espaços. Também, nesse estágio, ocorre o desenvolvimento da função simbólica e da linguagem. O termo projetivo refere-se ao fato da ação do pensamento precisar dos gestos para se exteriorizar. O ato mental "projeta-se" em atos motores, o ato mental se desenvolve a partir do ato motor;
Personalismo, 3 a 6 anos. -Nesse estágio desenvolve-se a construção da consciência de si mediante as interações sociais, reorientando o interesse das crianças pelas pessoas;
Categorial.6 a 11 anos- Os progressos intelectuais dirigem o interesse da criança para as coisas, para o conhecimento e conquista do mundo exterior;
Predominância funcional. 11 anos em diante-Ocorre nova definição dos contornos da personalidade, desestruturados devido às modificações corporais resultantes da ação hormonal. Questões pessoais, morais e existenciais são trazidas à tona.

Legado 


Wallon  coloca o desenvolvimento intelectual dentro de uma cultura mais humanizada, A abordagem é sempre de considerar a pessoa como o todo, elementos como a AFETIVIDADE,EMOÇÕES,MOVIMENTO eESPAÇO FISICO se encontram em um mesmo plano. As atividades pedagógicas e os objetos ,devem ser trabalhados de formas variadas.
Numa sala de leitura, por exemplo, a criança pode ficar sentada, deitada ou fazendo coreografias da historia  contadas pelo professor, os temas e as disciplinas não se restringem a trabalhar o conteúdo, mas a ajudar a descobrir o seu eu no outro. Essa relação dialética ajuda a desenvolver a criança em sintonia com o meio.

Aplicação da sua Teoria 

Wallon teve como ponto de estudo principal a AFETIVIDADE, para ele a pessoa é formada por sua relação com o meio, sua hereditariedade, sua cognição e seu Afetivo.
Dentro desta perspectiva Walloniana trabalhamos o tratamento individualizado, o lúdico e o concreto, valorizando a identidade estrutural e funcional de nossas crianças.

Por mim :
Espero que ter contribuído com um pequeno resumo sobre Henri Wallon.
Que possamos enxergar nossas crianças por completa, elas tem sentimentos que traduz suas emoções e que bem trabalhadas podem fazer grandes diferenças.
Criança não é miniatura de gente, ela é um ser humano que precisa de cuidados e um olhar observador.
            Falou a futura pedagoga 
                            Sol

19 de nov de 2016

Fazendo a Limpa !!!

Não é porque estamos no final do ano não rs.... fazia tempo que estava querendo uma rede social mais limpinha e sem muitas obrigações, que cá prá nois é chato d +++++++.
Eu to falando desse monte de redes que temos disponíveis. Tá, mais eu vou fazer o que com todas elas ???? Já sei, tirar a cada minuto uma foto e sair publicando em todas elas, ou então ficar tirando foto do que to comendo e sair espalhando. Ahhhhhh não não não !!! Mandei tudo para o piriririiiiii
Eu sou da seguinte opinião.... acho que nem tudo podemos sair publicando por aí, kkkk olha quem fala a pessoa que tem um blogger aberto aos quatro canto do planeta terra. Ok! Mas engano seu que eu publico tudo ahahaha. Sou bem careta e reservada siiiiiim. Esse negócio de ficar lavando roupa suja no facebook, ou ficar contando seus problemas não acho legal, mas cada um cada um. Sou muito mais aquelas pessoas que colocam uma fotinha de cara feliz e espalha boa energia.
Mas eu cansei disso !! .... então resolvi fazer uma limpa geral, excluí meu twitter que tinha quase 400 seguidores, todo dia abria meu e-mail e tinha cada solicitação estranha e eu só no delete, minha conta no google é só para meu circulo de amigos, pois estava recebendo muitas mensagem indecente nas minhas postagens e fotos, excluí meu instagram, que quase não usava mesmo e só não vou excluí meu face, porque lá de verdade tenho muitos amigos, familiares, grupos da igreja e faculdade e vejo muita coisa boa por lá.... só reduzi a frequência, me permito mas não me exploro.
Agora esse cantinho é muito diferente, aqui não espero curtidas, elogios, criticas e não estou a procura de nada e nem em outras redes sociais, é que aqui é mais reservado ( gosto disso). Agora se me procurarem ou não procurar e achar esse blog. SEJAM BEM -VINDOS !!!.... não falo de ninguém, não tô procurando mostrar nada também, só escrever já basta para mim.
Depois que fiz essa limpa, percebi que me fez bem é como cortar o cabelo bem curto se eles são grandes, mesmo que pareça uma "loucura" só quem corta sabe o quanto é bom e cá pra nós cabelo cresce e rede sociais a hora que você quiser é só abrir uma nova. EXPERIMENTE !!! 
 Social mesmo é bem diferente, bota diferente nisso. Ganhei até mais um tempinho, consegui ler livros que havia comprado há anos e estava ainda embrulhado, estou fazendo cursos onlines de libras e música e claro me dedicando para a faculdade e meus amores também né hahaha....ter essa atitude me fez muito bem, sem contar na sensação libertadora.
Não precisa sair excluindo tudo, mas só o fato de reduzir o tempo que se passa nas redes sociais já é significativo e positivo.
Eu adoro ser compartilhadora de coisas positivas, mas tudo tem um certo limite também.
E ninguém nem percebeu que a menina excluiu, ta vendo.... viva a sua vida.

14 de nov de 2016

Organizando as ideias ....

Só por um tempo escrevi apenas para mim, eu sei que soa um pouco euísta para não usar egoísta e ser pejorativa.... mas faltou até um pouco de consideração com as minhas seguidoras. Please Sorry !!!!
Eu precisava disso, a gente percebe que mesmo escrevendo sobre um sonho, ou coisas do cotidiano, as palavras são curtidas por milhões ao vento e por pessoas imaginárias.E as palavras possuem um "peso". Peguei a pensar nos post e nas pessoas que as lia... me preocupei no sentido de estou fazendo um bem com o uso das minhas palavras. 
As minhas postagens não são das mais coloridas e incentivadoras, pelo menos no prezado momento rs. Eu gostaria de ter um blogger só com postagens assim, bem lúdica... tipo o pequeno príncipe kkk
Estou organizando melhor as ideias na cacthola e ao meu ver daqui para frente somente boas postagem, digo na certeza que Somente coisas boas Virão!
Obrigada e desculpa-me se sentiu minha falta 
Voltei !!!!

4 de nov de 2016

Crônicas de Amor



Uma História de Amor

O Casal são Charles e Marry ( os nomes são fictícios, a história é real ). Eles não são o que todo mundo entende por casal. A verdade é que ela conheceu primeiro a sua voz e ele esperou por muitos anos para te encontrar. É claro que o casal teve outros amores... mas faltava : Faltava o íma do amor.

Mesmo ela louca pela sua voz e ele desesperadamente querendo a conhecer pessoalmente. Houve uma pausa de dúvidas, medos e relutância. Mas foi só uma questão dos corações de unirem que expandiu o amor.

Ela com 25 e ele com 52. Repare que são os mesmo números, é só uma questão de inverter ... Para eles não existe nada disso. Ela queria teu coração, invadir sua alma e explorar o seu mundo e ele queria seu sorriso, seus beijos e sua pureza. 
Todos os casais deveriam se amar assim, amar a alma, o cheiro, o sorriso, a pureza e não ficar presos as aparências fenomênicas, classe social, idade, côr e nada além.

Nascia uma história de Amor, cresceram juntos, sonharam e sonham juntos, no meio daquela aparente dúvidas e desordem afetiva vinda de outros amores eles se descobriram um no outro. É desse amor que vivemos, dessa pureza, dessa certeza e do interminável amor.

O fruto está a caminho, fruto desse amor, dessa certeza, dessa beleza chamada Almas unidas pelo amor. Ele é tão especial que Deus escolheu minuciosamente para esse casal.
Hoje ele completa 63 e ela 36, reparou que são os mesmo números, claro estamos falando da mesma pessoa, da mesma alma, do mesmo amor. O registro aqui é da paixão, do amor, do compromisso, da liberdade de ser amada e amar, de poder pensar, escrever e falar.

Jamais imaginaríamos que desde do início, assim seria.

                                                                            Solange M Prestes, por ela mesma:



                                                                                             

3 de nov de 2016

Perseverar Sempre !!

Plante o bem e o resto vem, cada ação gera uma reação. A colheita pode ser demorada, mas chega. Deus é bom por nos permitir plantar o que quisermos, mas justo em nos permitir colher exatamente o que antes foi plantado. Faça o bem e não se importe se alguém não viu, aplaudiu, notou, elogiou ou se importou, Deus sabe e vê, d'Ele vem a recompensa. Pelo caminho da vida andamos e plantamos nossas sementes e lá na frente iremos colher nossos frutos. E quem planta boas sementes, descansa na certeza de que o melhor virá, ou por Deus ou por alguém usado por Ele. ( autor desconhecido ) 

Confesso que quando li essa reflexão, "robartilhei" pois acredito fielmente nisso. Quando alguém vem conversar comigo falando ou tentando justificar que estão falando coisas a seu respeito que não é verdade.... eu procuro tranquilizar dizendo: Fica calmo(a) DEUS SABE E VÊ TUDO. 
Eu vivo assim, nessa verdade. Ela me tranquiliza e me fortalece no "Pai"
Todo o dia é uma ótima oportunidade de plantar uma boa semente.
E por falar em semente, a minha sementinha esta a caminho.
Tudo caminhando bem para a segunda tentativa da fertilização.
Deus é Maravilhoso , me sentindo abençoada, pois hoje vejo que Ele sempre quer o Melhor para os seus filhos.
Obrigada SENHOR !!!


Seguidores